Menu japonês, no Inverno?!

Lámen em caldo Especial_Julia Campos 2                                                   Fotos: Julia Campos  – Arquivos Rede Vitória Hotéis

Nem só de sushi e sashimi vive a culinária japonesa no Brasil. Com as temperaturas baixas há quem pense em aposentar o hashi, mas, é exatamente este  clima ameno que proporciona uma oportunidade extra para provar outras receitas tradicionais do menu oriental.

Algumas dessas possibilidades pontuais são os clássicos caldos Lámen. A tendência é recente na capital paulista, mas, releituras e alternativas já estão disponíveis em Campinas, servidas em tigelas adornadas, cheias de sabores. No restaurante Kindai, por exemplo, um cardápio exclusivo, com três possibilidades do mesmo tema será oferecido até o final do inverno. Lá o macarrão Lámen é servido em caldo fumegante, rico em umami, em combinações sugestivas. Dá para optar entre a versão leve com milho-verde, acelga, cenoura fatiada, cogumelos frescos, tofu, brócolis, cebolinha e alga Nori; quem gosta de frutos do mar pode escolher o Lámen com grandes camarões, ovo, Shitaki, milho-verde, alga Nori, Mayashi, cebolinha, Tikwa e Kamaboko e, por fim, há ainda a versão, servida em Caldo Especial com fatias de barriga suína grelhada, ovo, alga Nori, cebolinha, Kamaboko e Tikwa.

Estas possibilidades custam entre R$28 e R$48. Vale lembrar que o Kindai está aberto, para os almoços, de terça a sexta, do 12h às 15h, sábados, domingos e feriados das 12h às 16h e, para os jantares, de terça a domingo das 19h às 23h30.

 Quer conhecer outras possibilidades quentes do menu Kindai? 

  • Hot Roll – rolinhos de salmão com cream cheese, Shimeji, camarão e cebolinha;
  • Ebiten Shake – Rolinhos de camarão empanados, enrolados em salmão no salmão, cream cheese, cebolinha e molho agridoce;
  • Teppan de lulas – anéis de lula na chapa servidos com legumes na manteiga, com saquê e shoyu;
  • Tempurás misto com camarão, peixes brancos e vegetais empanados ou somente camarão;
  • Kindai no Shakkeyaki salmão grelhado com risoto de Shimeji e molho cremoso de Jack Daniel’s
  • Frutas caramelizadas: banana, maçã ou abacaxi envoltas de caramelo quente.

Bellini Ristorante e Kindai participam do 8º Festival Gastronômico de Campinas

Melanzane alla Bellini 1       Entradinha de Melanzane gratinada com queijo Grana e molho de tomates frecos do Bellini 

Campinas-SP – Inicia-se neste final de semana a oitava edição do tradicional Festival Gastronômico de Campinas. Mais de 20 restaurantes da cidade participarão do movimento especialmente promovido pela associação Campinas e Região Convention & Visitors Bureau (CRCVB). Entre 17 de julho a 14 de agosto Casas Gastronômicas da cidade oferecerão menus criados a partir do tema “Sabores do Olimpo – uma volta ao mundo da gastronomia”. Em linha com as Olimpíadas do Rio de Janeiro, um dos mais importantes acontecimentos do ano no Brasil e no mundo, os chefs dos restaurantes participantes idealizaram cardápios a um preço sugestivo, com receitas inspiradas na rica diversidade de sabores dos países competidores.

Banana Caramelizada (2)

Cada menu dispõe de entrada, prato principal e sobremesa ao preço promocional de R$54,90; entre os restaurantes participantes estarão o asiático Kindai e o mediterrâneo Bellini Ristorante, ambos administrados pela Rede Vitória Hotéis e reconhecidos pela tradicional trajetória gourmet. No menu do Bellini a berinjela gratinada com queijo tipo grana e molho de tomates frescos marcará a entrada enquanto o prato principal com risoto de Parmesão e Ragu Secreto do Chef dará continuidade aos trabalhos de copo e talher; a delicadeza da sobremesa de Pana Cotta com Calda de Frutas Vermelhas encerrará a refeição. Na mesa do Kindai pedacinhos crocantes de frango acompanhados de molho Tonkatso e molho de mostarda compõem a entrada do cardápio promocional, enquanto o Teppan de mignon será servido como prato principal para que as bananas caramelizadas fechem o menu temático.
O Festival Gastronômico de Campinas é realizado com o apoio da Prefeitura de Campinas e conta com o patrocínio da Universidade São Francisco. Para conhecer todas as atividades realizadas durante o Festival Gastronômico de Campinas de 2016, acesse: http://visitecampinas.com.br/index.php/br/

LOGO CHEFS NA PRAÇA

Domingo Tem Chefs Na Praça!
De cunho beneficente, social, educativo e cultural o evento popular está na quarta edição e fomenta a crescente demanda da gastronomia na Região. O encontro “Chefs Na Praça” abrirá – como de praxe – o Festival Gastronômico da cidade. O evento acontece neste domingo, 17, sob a destreza de grandes profissionais e entusiastas da cozinha na praça central, Carlos Gomes. Por lá, pratos variados, a preços acessíveis, serão oferecidos através das barracas de atendimento de vários restaurantes. A expectativa é que, entre 11h e 15h, até 20 mil visitantes passem pelo local. O Bellini e o Kindai se fazem presentes, também durante esta ação pontual, com os pratos especiais de Ravioli do Ristorante, recheado com corte secreto do Chef (R$15 cada) e Robata de carne, espetinho japonês de carne vermelha (R$10 cada) ou Robata de frango com legumes (R$5 cada). Visite!

Serviços:

Ação: 8º Festival Gastronômico de Campinas
Quando: de 17 de julho a 14 de agosto de 2016
Onde: restaurantes diversos em Campinas, entre eles participam o asiático Kindai e o mediterrâneo Bellini Ristorante.
Horário de Funcionamento: Kindai: aberto para almoços de terça a sexta, do 12h às 15h. Sábados, domingos e feriados das 12h às 16h e, para os jantares, de terça a domingo das 19h às 23h30. Bellini Ristorante: aberto de segunda a sábado, das 12h às 15h e jantares das 19h à meia-noite. Aos domingos das 12h às 15h.
Endereço Kindai e Bellini: ambos estão localizados na Av. José de Souza Campos, 425, Nova Campinas, Campinas-SP. Informações e reservas: (019)3755-8027.
Valores Bellini e Kindai: R$ 54,90 (menu com entrada + prato principal e sobremesa. É possível pedir os pratos do festival separadamente. Entradas custam R$20, pratos principais R$48 e sobremesas R$9,50).

Evento: Bellini e Kindai na 4ª Edição do Chefs Na Praça
Quando: 17 de julho de 2016
Onde: Praça Carlos Gomes, Centro, Campinas/SP
Horário: entre 11h e 15h.
Valores: Robata de Frango (R$5), Robata de Carne Vermelha (R$10) e Ravioli Recheado com Corte Secreto do Chef (R$15).
Entrada: Livre

festival

Cadê o salmão que estava aqui?!

Preço do peixe dispara e restaurantes da Região Metropolitana de Campinas adéquam cardápios para oferecer alternativas sugestivas aos clientes.

????????????????????????????????????

Você já deve ter percebido que o preço do salmão de cativeiro, vendido aqui no Brasil, está um bocado mais salgado nos últimos dias, tanto nos restaurantes quanto supermercados e empórios regionais, mas, talvez, você não tenha se atentado sobre o porquê dessa mudança. O fato é que boa parte da demanda de compra do peixe vem do Chile – onde é criado e exportado até nossas terras tupiniquins – porém, uma alteração nas temperaturas do Pacífico, provocada pelo fenômeno El Niño, somada ainda à falta de chuvas dos últimos tempos, proporcionou uma crise ambiental e econômica no país vizinho, ocasionando um aumento pouco agradável ao paladar (fala-se de um aumento, em torno de 25%, em dezembro passado, quando a tal crise internacional no fornecimento começou e recentemente pode ter chegado a mais 100% de aumento!

Diante dos fatos, vários restaurantes e empresas brasileiras, que trabalham diretamente com o salmão em suas cozinhas, optaram por adequações alternativas nos cardápios, além do repasse dessas informações importantes aos clientes.

Um deles – o Kindai de Campinas – ciente do caso, adequou, então, os serviços de buffets para melhor atender a todos. A partir desta segunda-feira os serviços, no almoço, custarão R$50, por pessoa, sem sashimi e R$65, com sashimi à vontade de 2ª a 6ª e, aos finais de semana, R$60, sem sashimi e R$75, com sashimi à vontade. Afinal, embora o salmão tenha mesmo uma adesão significativa dos brasileiros vale lembrar que nem só desse peixinho vivem os quitutes e há muitas outras combinações e temakis deliciosos e variados. Outro detalhe importante é que: com crise ou sem crise zelar pelo consumo de produtos de qualidade e pela confiança dos clientes, é sempre primordial, não é mesmo?!

Quer saber mais sobre o assunto?

Cuscuz Marroquino Agridoce

????????????????????????????????????

Adeus comilança de Natal/Réveillon! Janeiro é mês para recarregar a geladeira com alimentos leves, nutritivos e, quem sabe, recuperar um bocado da compostura perdida diante das boas ceias gulas.

No final das contas sempre sobram: um pacotinho de castanhas aqui, um saquinho das amadas e odiadas passas acolá, os tais damascos turcos (que há pouco incrementara pratos tradicionais de época…),enfim… e o que fazer com eles, afinal?!

Bem, se você é daqueles que não nutre qualquer aversão ao agridoce, que tal anotar esta receita do Chef Valdevan Oliveira (Restaurante Kindai, Campinas) e preparar um delicioso Cuscuz Marroquino?!

(Agora, se você detesta frutinhas e castanhas em receita salgada, bora picar tudo e estocar na geladeira pra acompanhar o iogurte nosso de cada dia…  =)

Ingrediente

500g de cuscuz marroquino,
100g de frutas secas,
100gr de nozes,
100 gramas de damasco,
100g de ameixa seca,
100g de castanha de caju,
100g de uva-passa,
Sal a gosto,
Duas colheres de sopa de mel,
Pimenta do reino a gosto,
Azeite a gosto,

Preparo
Pegue o cuscuz marroquino e mergulhe em água fervente, com meio dedo acima dos grãos, deixe descansar por três minutos (meio litro de água para esta quantia é uma boa pedida).

Depois, escorra em uma peneira para retirar bem a água dos grãos. Misture todos os ingredientes picadinhos e o azeite e ajeite em uma forma e desenforme. Dica do chef: pode adicionar frango desfiado ou atum, se preferir.